terça-feira, 29 de setembro de 2009

Parabéns Mafaldinha!!

Não foi em 1964, mas sim em 1991 que li os primeiros quadradinhos daquele que iria ser o livro de BD da minha vida.

A minha avó paterna tinha comprado um serviço de jantar e como oferta vinha um calhamaço de capa muito vermelha, que ela logo decidiu dar à neta mais velha, porque era a única que gostava de ler.

Recordo-me de estar muitas vezes sentada à mesa, à hora do almoço, completamente extasiada a ler "Toda a Mafalda", e de ouvir a minha avó muito irritada a dizer: "Maldita hora que lhe fui dar o raio do livro, agora não o larga nem para comer!!!!"

Esse livro de capa vermelha depressa passou a livro sem capa, porque essa capa acabou por deixar de existir, não me perguntem porquê, nem como, nem onde foi parar.

Anos mais tarde peguei o vício da Mafalda à Brá, que assim como eu, tinha a mania de ler nem que fosse apenas uma tirinha antes de adormecer.

Quando algum tempo depois o livro foi reeditado, eu e a Brá rapidamente o comprámos, ela porque não tinha nenhum e eu porque o outro estava bem velhinho. Mas.... desilusão total!!!! A tradução era mesmo mesmo mesmo muito má. Não tinha nada a ver com o original. Não... Há coisas que não podem ser substituídas.

E ainda lá está, aquele velhinho sem capa, com folhas já soltas, meio amarelado, mas cheio de simbolismo e com um grande significado para mim...

Mais uma vez estive em Tavira e não o trouxe....... Nem me lembrei, para ser honesta. E agora tenho saudades....

Aqui fica um bocadinho do seu humor... O primeiro sketch faz-me lembrar uma história, e não será só a mim. Brá, lembras-te quando tínhamos esta conversa??? Só faltou mesmo a parte da agressão fisíca, looooool!!!!!

4 comentários:

VG disse...

A tua primeira Mafalda veio como brinde de um serviço de jantar! Loool

Ainda não perdi a esperança de encontrar em algum alfarrabista essa Mafalda antiga, a tradução faz de facto a diferença.

Foi uma das paixões que me incutiste, a par com a JLo, lol, entre outras.

E há pouco tempo tive uma surpresa fantástica, recebi de presente a Mafalda em DVD! :)

Teresa disse...

Pois, mas não sei se te recordas de uma coisa, miga, é que eu, em tempos, comprei a Mafalda em VHS, lol!! Só não sei onde pára essa colecção, mas que a tenho, tenho. Deve ser como o livro k me emprestaste, qd perguntei à Lídia Maria, a resposta foi, ah, sim, tá lá no Paladar, ao pé dos outros livros... E eu pergunto a mim mesma, outros livros??? Mas quais livros?? Querem ver k abriram lá uma biblioteca e eu fui a única k não dei por isso??? Haja paciência...

Raquel disse...

Lollll

A "minha agenda" tinha sempre as piadolas da Mafalda... adorava!!! Nunca me hei-de esquecre do "quarto das velharias"... :)

Teresa disse...

Aka o quarto dos pais, né??? Mas acho k não era a minha agenda k tinha as piadas da Mafalda, era mesmo a agenda da Mafalda, k por acaso eu pedia sempre pelo Natal.

Já nessa altura era uma mecinha muito atarefada e precisava de agenda para organizar os meus busy busy days... lol